A&E estreia nona temporada de “NCIS: Los Angeles”

 

A série “NCIS: Los Angeles” retorna ao A&E em sua nova temporada, mostra para o público os riscos assumidos por uma divisão de NCIS encarregada de prender criminosos perigosos e fugitivos, que representam uma ameaça para a segurança da nação. Ao assumir identidades falsas e utilizar a tecnologia mais avançada, essa equipe de agentes altamente capacitados, entre eles G Callen (Chris O’Donnell) e Sam Hanna (LL Cool J), trabalha de forma secreta, colocando suas vidas na linha de fogo para alcançar seus objetivos.

O agente especial “G” Callen (Chris O’Donnell) é um camaleão que se transforma em quem for preciso para se infiltrar no mundo do crime. Seu companheiro é o agente especial Sam Hanna (LL Cool J), ex-oficial da Marinha dos EUA e que lutou no Afeganistão e no Iraque. A equipe tem a ajuda de Henrietta “Hetty” Lange (Linda Hunt), encarregada de supervisionar o pessoal e fornecer-lhes todas as ferramentas necessárias, desde as câmeras de microvigilância aos veículos especiais. A agente especial Kensi Blye (Daniela Ruah) é a brilhante filha de um oficial assassinado, e que vive para a adrenalina do trabalho secreto. Marty Deeks (Eric Christian Olsen) é um detetive secreto experiente da polícia de Los Angeles, que foi recrutado por Hetty para reforçar o time.

Nesta nona temporada, junta-se a eles a diretora Shay Mosley, interpretada por Nia Long (Empire, Cara Gente Branca), uma ex-agente do serviço secreto e inspetora experiente de Washington, que chega para supervisionar a equipe. Armada com os mais avançados equipamentos de alta tecnologia e enviado regularmente a situações de perigo, a forte unidade de NCIS: Los Angeles se apoia entre si para fazer o necessário para proteger os interesses nacionais.

A 9ª temporada de “NCIS: Los Angeles” estreia dia 16 de março, às 20h50 no A&E.

Fonte: vcfaztv

Multishow transmite Planeta Atlântida ao vivo

 

A transmissão ao vivo de grandes eventos continua a todo vapor em 2018 no Multishow. Nos dias 02 e 03 de fevereiro, o canal exibe ​ao vivo​ o Planeta Atlântida, diretamente do Rio Grande do Sul. A partir das 19h30, o público confere na TV os shows do Palco Planeta, com Armandinho, Anavitória, Nego do Borel, Simone & Simaria, O Rappa, o DJ Vintage Culture, Onze:20, Pabllo Vittar, Jota Quest, Anitta, Luan Santana e Phoenix. Guilherme Guedes, Titi Müller e Laura Vicente comandam a cobertura, comentando sobre tudo o que acontece no festival.

Pela primeira vez, o Multishow Play (www.multishowplay.com.br) conta com dois sinais ao vivo. Além dos shows do Palco Planeta, os assinantes conferem com exclusividade na plataforma as atrações do Palco Atlântida, a partir das 19h20, onde se apresentam os artistas Papas da Língua, 1Kilo, Maneva, Strike, Raimundos, JetLag, Esteban, Iza, Di Ferrero, Rael, Mano Brown Boogie Naipe, Mr Catra e Comunidade Nin-Jitsu. As imagens do Palco Atlântida estarão disponíveis gratuitamente para os não-assinantes da plataforma.

Transmissão do Planeta Atlântida ao vivo nos dias 02 e 03 de fevereiro, a partir de 19h30 no Multishow e 19h20 no Multishow Play.

Fonte: vcfaztv

Claro hdtv terá uma unidade de negócios para abrigar suas operações – 28/11/2017


O grupo Claro Brasil (América Móvil) terá uma quarta unidade de negócios. A empresa está criando uma unidade específica para tocar a operação de TV por assinatura via satélite (DTH), a Claro TV, que até aqui estava vinculada à unidade de negócios residenciais fixos, juntamente com a Net e com os serviços de banda larga e telefonia fixa. A decisão de criar uma nova unidade, segundo informações do site Teletime, se deve à constatação de que, para crescer e se tornar uma unidade competitiva, precisava ter vida própria. O negócio de TV por assinatura via satélite é essencialmente diferente do mercado de cabo por estar baseado em uma complexa cadeia de logística, diastribuidores e instaladores, o produto tem limitações diferentes (por exemplo, a dificuldade de venda em bundles) e a realidade de mercado hoje impõe outras formas de venda, como a venda pré-paga.

Ainda de acordo com site, há um comitê formado para compor a equipe desta nova unidade de negócios. Quem comanda este comitê no momento, como consultor, é Ricardo Miranda, que foi presidente da Sky, mas ele não deve permanecer efetivo no comando da Claro TV. José Félix, presidente do grupo, e Daniel Barros, CEO da unidade de negócios residenciais fixo, também participam das decisões do comitê e da montagem da equipe. A ideia é que a Claro TV tenha autonomia em sua estratégia comercial, definição de produtos e relacionamento com a cadeia de vendas e instalação, mas seguirá partilhando as áreas financeira, estratégica e compras de programação entre outras, hoje centralizadas na Claro Brasil, a exemplo do que acontece com a Claro Móvel e Embratel.

A América Móvil criou, em 2008, o que hoje é a Claro TV, de maneira separada da Net e vinculada à Embratel (na época com o nome Via Embratel), justamente por ser uma plataforma baseada em satélites. Com a unificação da empresa, há três anos, ela foi remanejada para a estrutura de TV paga, liderada pela Net. A Claro TV tem cerca de 2,3 milhões de assinantes (dados de maio), mas chegou a ter quase 3,8 milhões em novembro de 2014. A queda de base da Claro TV é considerada uma das principais causas da retração do mercado de TV paga como um todo.

CRÉDITOS: O UNIVERSO DA TV