Globo estreia novo talk show com Pedro Bial nas madrugadas

Nesta terça (02), a Globo estreia um espaço aberto para o diálogo, para os encontros, para a descoberta de diferentes visões de mundo, para ouvir e ser ouvido. E liderado por Pedro Bial, que traz o que o talk show tem em sua essência: um palco para múltiplas falas, opiniões, repercussão… um palco para conversas.

Exibido de segunda a sexta, o “Conversa com Bial” vai reunir, em um só lugar, assuntos que possam ser relevantes ao espectador independentemente da forma como eles serão apresentados. Quando couber um debate, Bial fará as vezes de mediador, mas, na presença de um único convidado, será mais do que um entrevistador, tornando-se parte de um diálogo maior. Quando a relevância se fizer presente fora dos limites do estúdio, o apresentador dá espaço ao repórter, que sairá em busca de um papo interessante em lugares variados, refletindo sobre a notícia, em vez de reagir sobre ela.

A atração contará com um time de colunistas de diversos segmentos – o escritor Sérgio Rodrigues, a cantora Karol Conká, o historiador Eduardo Bueno e o economista José Márcio Camargo, entre outros – para participarem do programa sempre que o assunto em pauta estiver relacionado às suas áreas de conhecimento. Eles podem sentar no sofá com o entrevistado do dia e fazer um complemento ao papo, assim como fazer uma exposição final sobre o tema do programa.

Para inserir uma pitada de humor, o ‘Conversa com Bial’ contará com o roteirista Renato Terra e integrantes do Sensacionalista para comentar os assuntos da atualidade. Sempre que o momento pedir, o programa contará com o trabalho dos humoristas no palco ou fora dele.

Uma banda de cinco músicos de São Paulo, reunidos pela primeira vez, estará no palco para também receber artistas convidados – não necessariamente cantores, mas todos os que se animarem a soltar a voz ou tocar um instrumento – para apresentações musicais, uma das características marcantes do gênero talk show.

O “Conversa com Bial” estreia na Globo na próxima terça-feira, dia 2 de maio, logo após o ‘Jornal da Globo’.